CENA #4: 7 músicas de David Bowie para escutar em suas crises existenciais!

David Bowie é um dos meus músicos favoritos. Cresci ao som de suas músicas e muitas vezes elas foram trilha-sonora de algumas das minhas crises existenciais.

As crises existenciais não vão embora tão rápido quando esperamos. Por que não ter pelo menos o que cantar então?

sc-03-imageexpo-cassiesane_w4kw.jpg

Cena do filme God Help The Girl

1-) Ashes To Ashes

Nesta música, Bowie revisitou o personagem Major Tom, de sua música Space Oddity. Na música, o eu-lírico recebe notícias desta personagem. Ao mesmo tempo, ele sente o planeta “crescer” e só consegue desejar ficar chapado para suportar tudo aquilo. Ao longo da música, ele sofre para ficar “limpo” e parece se condenar por nunca ter feito coisas boas ou ruins, nem mesmo agir de maneira espontânea. Chega um ponto em que ele diz “quero descer agora”; ou seja, ele não aguenta mais sua atual situação.

 

2-) Five Years

Embora haja contexto específico para a crise, acho que a música se encaixa nessa categoria. Na canção, as pessoas recebem a notícia de que o mundo vai acabar em cinco anos. Diante de um cenário de comoção generalizada, o eu-lírico começa a perceber o quanto precisa do calor humano das pessoas ao seu redor. O seu desespero vai aumentando gradativamente até o fim da canção.

0b036d2626a4f26ef3b8c04150c93aa5

3-) Where Are We Now?

A música descreve um homem passeando, acompanhado pelos mortos, segundo ele. Durante a canção ele se pergunta onde ele está agora. A canção pode ser interpretada também como um relacionamento no qual pessoas não se entendem mais.

 

4-) Time

Aqui temos o susto que é a passagem do tempo. A alegoria Tempo é vista como algo que se esconde em pequenos prazeres, como sexo e entorpecentes. Na metade da música, somos levados ao “desespero tedioso” que parece inevitável na passagem do tempo. Ao fim da música, o eu-lírico fala de antigos sonhos e a atual falta de esperança. O eu-lírico se mostra constantemente culpado.

david-bowie-ziggy-stardust-makeup.jpg

5-) Cygnet Committee

Embora a música fale de um ícone religioso e a (falta de) evolução do ser humano, pode ser facilmente levada para o lado pessoal durante uma crise. Trechos como “muito passou e pouco mudou”, “feri meu coração para amenizar sua dor e ninguém lembra disso” refletem a falta de empatia de pessoa à sua volta, além da sensação de estar preso no mesmo lugar.

 

6-) Under Pressure

Junto com a banda Queen, é óbvio que a música se encaixa ao tema. A música aborda explicitamente alguém que se sente pressionado o tempo inteiro.

 

7-) Life On Mars

Na minha opinião, essa é a melhor música de David Bowie a ser ouvida durante uma crise existencial. Nesta canção, a “garota de cabelos castanhos” começa se sentindo pressionada pelos pais e confusa em relação a um affair. O cenário muda quando ela vai ao cinema e associa sua vida à cena caótica do filme, não conseguindo ao menos se chocar. Depois, nos deparamos com decepções da vida, como as desilusões que temos ao crescer (em forma de Mickey Mouse, que cresceu e virou uma “vaca”), a luta por algum reconhecimento através do trabalho e a “sujeira” em lugares luxuosos, como Ibiza.

david-bowie-where-are-we-now

Agora que tem algumas sugestões, pode chorar um pouco no canto…. Alivia a alma!

Anúncios

Um comentário sobre “CENA #4: 7 músicas de David Bowie para escutar em suas crises existenciais!

  1. Pingback: CENA #8: 21 singles de 2016 que mais ouvi | obscena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s